Raul Seixas no MEMÓRIA DO RÁDIO da JP

Publicado: 19 de julho de 2007 em Não categorizado

Raul Seixas no MEMÓRIA DO RÁDIO da
JP

 >Polêmico, Raul Seixas recorda que, em
1974, foi convidado a deixar o país

Cantor e
compositor polêmico, Raul Seixas, em 1974, foi convidado a deixar o país
devido aos seus princípios ideológicos da "Sociedade Alternativa". Ouça
Raul recordando esse fato.
 

>Ouça Raul Seixas cantando "Cowboy Fora da
Lei" na Jovem Pan em 1988

Raul Seixas
participou do programa Roda de Sábado do dia 20 de outubro de 1988. Apenas
com um violão, interpretou "Cowboy Fora da Lei", entre outras músicas.
Ouça.
 

>Raul Seixas: “Não existem verdades absolutas,
por isso, sigo meus valores”

No final dos anos
50 e início dos 60, Raul Seixas montou o grupo Os Panteras, que se
apresentou em Salvador e foi até o Rio de Janeiro, onde gravou o LP
‘Raulzito e os Panteras’. Trabalhando como produtor de uma gravadora, Raul
Seixas participou do Festival Internacional da Canção de 1972,
classificando sua música ‘Let Me Sing, Let Me Sing’. Logo em seguida,
gravou seus maiores sucessos: ‘Ouro de Tolo’, ‘Metamorfose Ambulante’, ‘Al
Capone’ e ‘Mosca na Sopa’. E, segundo o próprio Raul Seixas disse à Jovem
Pan, suas músicas são fáceis e mostram o seu ponto de vista sobre o mundo.
Ouça este trecho da entrevista.
 

>21 de agosto de 1989: O rock brasileiro
perdia um de seus principais nomes, Raul Seixas

Baiano, o maluco-beleza Raul Seixas se envolveu com a música
por influência da imagem de James Dean e da voz de Elvis Presley. O Brasil
vivia os anos 50 e os jovens passavam por uma verdadeira mudança de
comportamentos, buscando liberdade de expressão e sexual. Em entrevista à
Jovem Pan, Raul Seixas falou sobre suas influências.
Ouça.
 

>
13 de julho: Dia do Rock, estilo musical que surgiu nos
EUA no início dos anos 50 e ganhou o mundo – ouça o que Rita Lee conta à
JP sobre o rock brasileiro

13 de julho é o Dia
do Rock, estilo musical que surgiu nos Estados Unidos no início da década
de 50. Segundo especialistas, o rock é a mistura dos sons africanos com a
música ouvida pelos norte-americanos brancos. Após a Segunda Guerra, a
juventude começava a lutar pela liberdade de expressão e sexual e
procurava manifestar seus desejos através das canções. Neste mesmo período
surgiu Elvis Presley, que escandalizou os mais conservadores com sua dança
considerada na época exageradamente sensual. Elvis conquistou milhares de
fãs e virou símbolo de uma geração. Ao mesmo tempo, aos poucos, sons
latino-americanos eram introduzidos no estilo musical criado nos Estados
Unidos. Do outro lado do Atlântico, em Liverpool, Inglaterra, surgia "The
Beatles", centralizando todas as atenções dos jovens que procuravam um som
novo e diferente. Já no Brasil o rock surgiu no final dos anos 50, com
artistas que interpretavam versões do que era sucesso nos Estados Unidos.
Roberto, Erasmo Carlos e Wanderlea foram os principais nomes da Jovem
Guarda. Suas músicas conquistaram os jovens da época, mudaram
comportamentos e trouxeram para a realidade do Brasil o rock que já havia
conquistado o mundo. De acordo com estudiosos, coube a Raul Seixas – no
início dos anos 70 – misturar o rock com sons brasileiros, criando um
estilo próprio. Nesta história musical, muitos nomes fizeram o rock. Dos
Mutantes à sua carreira ao lado do marido, Roberto de Carvalho, Rita Lee
sempre foi sinônimo de rock. No dia 24 de novembro de 1979, ela participou
do programa Roda de Sábado e falou sobre o rock brasileiro.
Ouça.
 

>
Raul Seixas recorda as influências musicais recebidas na
infância

As influências musicais de Raul Seixas
foram muitas, mas os improvisos de canções que ouvia quando acompanhava
seu pai no serviço deram uma diversidade ao seu trabalho. Ouça o que ele
recordou sobre isso.
 

>28/06/2001: 56 anos do nascimento de Raul
Seixas

Um dos nomes mais importantes do rock
brasileiro, Raul Seixas se envolveu com o rock ainda na infância, quando
montou um grupo para percorrer o interior da Bahia mostrando aos jovens o
ritmo que era sucesso nos Estados Unidos. Sua paixão pela música era tanta
que ele cabulava as aulas para tocar violão na praia. Por causa disso,
repetiu 5 vezes a segunda série. E só entrou na faculdade de Direito,
Filosofia e Letras porque queria casar e precisava mostrar ao sogro que
iria se dedicar aos estudos. Ouça Raul recordando essa história em
entrevista ao programa Roda de Sábado do dia 20 de outubro de
1988.
 

> 28/06/2000: Raul Seixas estaria completando 55 anos se
estivesse vivo

Raul Seixas se envolveu com o
rock ainda na infância, quando montou um grupo para percorrer o interior
da Bahia, mostrando aos jovens o ritmo que já existia nos Estados Unidos.
Em 1974, foi convidado a deixar o país devido aos seus princípios
ideológicos da "Sociedade Alternativa". Confira trechos da entrevista
concedida à JP em outubro de 1980, quando o cantor relembrou sua
carreira.

IN: http://jovempan.uol.com.br/jpamnew/destaques/memoria

Sylvio
Passos
RAUL ROCK CLUB/RAUL SEIXAS OFICIAL FÃ-CLUBE
Caixa Postal
12.106 – Ag. Santana
São Paulo – SP – CEP: 02013-970 –
BRASIL
tel/fax (11) 6948 2983
celular  (11) 8304 4568
SITE
1: http://www.raulrockclub.com.br
SITE
2: http://www.raulrockclub.com.br/expo
SITE
3: http://sylviopassos.blogspot.com

 
Veja o vídeo  "Meu Amigo Raul" acessando o link
abaixo.
http://www.youtube.com/watch?v=LXOXrKmrJW8
 
.

 
Anúncios
comentários
  1. Banana disse:

    poucas fontes…preciso dos artistas norte-americanos…
    Tem um com um album chamado “MAMA”, que o raul disse que se descabelava todo no quarto… Ricthie Valens….

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s