Revista Época – Após 30 anos, fã-clube de Raul Seixas é desativado

Publicado: 9 de novembro de 2009 em Não categorizado

Após 30 anos, fã-clube de Raul Seixas é
desativado
POR LUCIANO
MARSIGLIA
Arquivo Pessoal

Fã de Raul pretende criar um memorial
do artista

“Minha vida mudou
radicalmente. Foram 30 anos sem férias”, diz Sylvio Passos.
Pode-se dizer que ele foi um funcionário exemplar, mas não de qualquer empresa.
Há três décadas, Passos criou o Raul Rock Club, mais relevante
fã-clube dedicado a Raul Seixas. Hoje, o site está desativado.
“A iniciativa de tirar o site do ar partiu de mim mesmo”, explica o fã de 46
anos, que diz ter tomado a decisão após receber um e-mail do advogado que
representa uma das ex-mulheres do músico. Na mensagem, era solicitado um
relatório sobre quanto Passos ganhava com o trabalho. Após negar passar tal
informação (“Disse que só daria satisfação se o pedido partisse das três filhas
do Raul, as verdadeiras herdeiras”, conta), veio a resposta: nenhum projeto
envolvendo seu nome e de Raul Seixas seria aprovado.

Recentemente, uma
divergência entre Kika Seixas e o biógrafo Edmundo
Leite
foi noticiada pela imprensa (veja em Saiba Mais).
Receosa com o teor do livro do jornalista, Kika ameaçou vetar a obra antes mesmo
de publicada. Sobre essa pendenga, Sylvio Passos diz haver um mal-entendido e
acredita num acordo em as partes. Mas a ex-mulher desta vez é Glória
Vaquer
, que vive nos Estados Unidos e representa Scarlet
Seixas
, uma das filhas do artista. Em setembro, representada por um
advogado, enviou os e-mails para Passos, que decidiu “paralisar tudo como
protesto” – entre outras coisas, dois discos que seriam lançados pela gravadora
Eldorado: um ao vivo, em registro inédito de um show, e outro com “gravações
caseiras”, também inéditas. “Raul deixou toneladas de fitas comigo.” Sylvio
Passos conheceu o ídolo no final de 1981, quando Raul rompeu com a CBS, deixou o
Rio e veio morar em São Paulo. Ficaram amigos e a convivência prosseguiu até a
morte do artista. Criaram juntos a carteirinha do Raul Rock Club – Raulzito era
um dos sócios do próprio fã-clube.

SAIBA MAIS

Apesar de tirar o site
do ar e interromper a produção dos discos, Passos diz que vai continuar
trabalhando pelo ídolo. Uma de suas idéias é criar um memorial do artista em São
Paulo. “Isso ninguém pode me impedir”, fala. Mas quer algo público, porque todo
o material que possui é doado (por Raul, familiares e amigos). “Não sou dono de
nada, sou o mantenedor”, se define. Outra possibilidade é uma biografia
fotográfica, com imagens ainda inéditas capturadas com sua câmera (veja algumas
fotos na galeria abaixo). Como consultor e “faz tudo”, Passos se envolveu no
documentário biográfico que a AF Cinema está finalizando sobre o “maluco
beleza”, previsto para abril de 2010 – depois de alguns anos, a mesma produtora
pretende fazer um filme ficcional, nos moldes de longa sobre Cazuza. O que ele
garante é não ficar parado. “Não sou poste, sou Passos”, brinca.

 

Veja galeria
de imagens:

http://revistaepocasp.globo.com/Revista/Epoca/SP/0,,EMI103366-15367,00.html


SPassos
tel. (11) 2948 2983
cel. (11) 8304 4568
Site:
www.raulseixas.org
e-mail: sfpassos@raulseixas.org
Os
fatos prevalecem sobre os documentos.

Anúncios
comentários
  1. Raul é patrimônio da Humanidade! Ele queria mudar o mundo e eu quero ajudar que isso seja realizado.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s