Posts com Tag ‘sao paulo’



Putos BRothers Band – Tá Todo Mundo Puto, BRother!

Putos BRothers Band e seu visceral Blues and Roll lança CD autoral com músicas inspiradas & inspiradoras.

Formada em 2010, a Putos BRothers Band – que tem como integrantes fãs de Raul Seixas, os irmãos Adriano e Agnaldo Araújo, André Lopes e, em especial, Sylvio Passos, fundador do Raul Raul Rock Club/Raul Seixas Oficial Fã-Clube, que foi amigo e confidente do Maluco Beleza – apresenta seu primeiro CD autoral “Tá Todo Mundo Puto, BRother!”, lançado de forma independente, com 10 faixas, sendo a maioria delas de autoria da dupla Araújo & Passos, Agnaldo e Sylvio, respectivamente.

Além do trabalho autoral, nas apresentações ao vivo, a banda presta homenagens a grandes nomes do blues e do rock nacional e internacional apresentando releituras de Robert Johnson, Gary Moore, Pink Floyd, Elvis Presley, Deep Purple, Raul Seixas, Sérgio Sampaio entre outros nomes que, até certo ponto, influenciam na sonoridade da banda.

Fusões de instrumentos como a Viola Caipira, a Gaita e a Guitarra, são explorados dentro do universo do Blues e do Rock and Roll, permitindo inovação e criatividade que tais ritmos musicais oferecem.

O primeiro álbum da Putos BRothers Band, Tá Todo Mundo Puto, BRother!, lançado em CD em 14 de fevereiro, foi gravado por André Batalha no Gravina Estúdio, em Campinas/SP, de janeiro de 2013 a janeiro de 2015, e está pronto também para ser lançado em vinil (LP), no segundo semestre de 2017, com tiragem limitada e numerada com 10 composições da dupla ARAÚJO & PASSOS.

CURIOSIDADE: O nome da banda surgiu também como forma de homenagem a Raul Seixas. Em seu último álbum, A Panela do Diabo, lançado em parceria com Marcelo Nova em 1989, consta na contra capa “Produzido pelos Putos Brothers: Schmidt, Calazans, Novas e Seixas”

Serviço:

CD Tá Todo Mundo Puto, BRother! – Putos BRothers Band (P)2017

01 Tá Todo Mundo Puto, BRother! (Araújo & Passos) BRZ4D1500016 – 3:39
02 Substancial (Agnaldo Araújo) BRZ4D1500017 – 3:14
03 Um Blues Para Raul (Araújo & Passos) BRZ4D1500018 – 3:47
04 Fim de Semana (Agnaldo Araújo) BRZ4D1500019 – 4:11
05 Ela Vem de Trem (Araújo & Passos) BRZ4D1500020 – 5:18
06 Robert Johnson Blues (Araújo & Passos) BRZ4D1500021 – 4:29
07 A Busca (Erika Bet/Agnaldo Araújo) BRZ4D1500022 – 5:24
08 Uma Nova Canção (Araújo & Passos) BRZ4D1500023 – 2:42
09 Sobre a Luz Há Natureza (Araújo & Passos) BRZ4D1500024 – 3:49
10 Fudeu! (Putos BRothers Band) BRZ4D1500025 – 4:43

R$ 25,00

* O álbum também está disponível no iTunes, Spotify, Amazon Music, Google Play, Deezer e nas principais lojas do mundo.

CD Putos BRothers Band – Tá Todo Mundo Puto, BRother!
Pontos de venda em Campinas:

BANCA DO ROCK (Renato)
R. José Paulino, 1340 – Centro (19) 3231-2545

RIVA ROCK DISCOS (Riva)
R. Luzitana, 1498 – Centro (19) 3237-4945

CHOP SUEY DISCOS (ET)
R. Barreto Leme, 1250 – Centro (19) 3236-0792

BAR DE VIDRO (Vandré)
R. Joaquim Vilac, 170 – Vila Teixeira, (19) 99945-6600

HULLY GULLY (Osni)
R. Dr. Quirino, 1156 loja 5 – Centro, (19) 3234-7228

MUSIC STORE INSTRUMENTOS (Eduardo)
R. Luzitana, 1149 – Centro, (19) 3201-7366

VALOR: R$ 25,00

* O álbum também está disponível no iTunes, Spotify, Amazon Music, Google Play, Deezer e nas principais lojas do mundo.

Putos BRothers Band
www.putosbrothersband.com.br

Anúncios

Na noite de segunda-feira (3), aconteceu no Cine Joia, no bairro da Liberdade, em São Paulo, uma festa só para convidados VIPs em homenagem a Raul Seixas. Durante o evento, Vivo e Samsung apresentaram o filme inédito, gravado na Argentina, “Metamorfose Ambulante”, uma homenagem especial aos 25 anos sem Raul Seixas, com criação da agência Africa.

O evento, organizado pela agência Innova – All Around The Brand, aconteceu em uma festa exclusiva para convidados, jornalistas, formadores de opinião e integrantes do fã-clube oficial do roqueiro, o Raul Rock Club, fundado em 1981 por Sylvio Passos, amigo e confidente do Maluco Beleza.

Confira abaixo artigo publicado no site da Associação Brasileira de Comunicação Empresarial com detalhes técnicos do filme.

Com “Metamorfose Ambulante”, Vivo e Samsung homenageiam Raul Seixas

Inspiradas na evolução constante da tecnologia, Samsung e Vivo se uniram para prestar homenagem a um dos maiores astros da música brasileira de todos os tempos: Raul Seixas. Trata-se de uma nova ação de branded content, realizada a partir da gravação do 1°videoclipe de “Metamorfose Ambulante”, canção composta há exatos 40 anos que se tornou hino de diferentes gerações.

O filme, lançado hoje exclusivamente para internet e disponível para visualização no YouTube, é uma superprodução: para fazer as imagens, uma equipe de 75 profissionais viajou para a Argentina, mais especificamente à Sierra de La Ventana, onde as montanhas se configuram como cenário perfeito para a reprodução de uma história que tem início na Idade da Pedra.

Todo o conceito do projeto foi desenvolvido pela Africa, enquanto o filme foi produzido pela PBA Cinema e dirigido por Nico Perez Veiga – fundador da produtora e diretor premiado internacionalmente. Além do filme, um aplicativo que permite ao usuário utilizar uma fotografia própria para caracterizar-se como Raul Seixas será disponibilizado no site www.vivo.com.br/metamorfose. No mesmo endereço será possível comprar os aparelhos mostrados no clipe.

Entre as ações prévias realizadas pela Vivo e Samsung, estão a compra dos direitos fonográficos da música, bem como a apresentação da iniciativa à família de Raul Seixas. Os familiares conheceram o projeto desde sua concepção e participaram de cada etapa, garantindo que a homenagem fizesse justiça a toda a magia da obra do eterno Maluco Beleza.

No filme, um grupo de homens das cavernas encontra uma espécie de bunker, que se revela um portal para os dias de hoje. Lá dentro, conhecem aparelhos tecnológicos e, a partir daí, vivem uma transformação em suas vidas.

Para Paula Costa, diretora de Marketing de IT & Mobile da Samsung Brasil., o vídeo mostra de uma maneira completamente inovadora de como a tecnologia pode modificar a vida das pessoas. A executiva acredita que, assim como a música, a tecnologia provida pela Samsung é capaz de mudar paradigmas e o olhar das pessoas que têm ‘aquela velha opinião formada sobre tudo’. “Nosso esforço é para ser sempre uma marca que leva entretenimento e conteúdo diferenciado às pessoas, mostrando o poder da conexão na transformação humana”, afirma Cris Duclos, diretora de Imagem e Comunicação da Vivo.

Ela ainda explica que esta é mais uma ação de branded content da empresa, que já emplacou sucessos como “1.284”, que recriou o último gol do Pelé; “Eduardo e Mônica” e “O sonho de Anderson Silva” – sendo que este último, de 2013, contabiliza mais de 22 milhões de views e foi, na semana de seu lançamento, o vídeo mais visto no YouTube em todo o mundo.

FICHA TÉCNICA
Título:Metamorfose Ambulante
Duração: 1X5’
Anunciante:Telefônica Brasil S/A
Produto:Internet (Pós Vivo)
Agência:Africa São Paulo Publicidade LTDA
Redator:Rafael Pitanguy e Marcos Almirante.
Diretor de arte:Humberto Fernandez e EstefanioHoltz
Diretor de criação:Rafael Pitanguy e Humberto Fernandez
Diretor Geral de criação:Sergio Gordilho
Produção/agência:Rodrigo Ferrari/Patricia Melito
Atendimento: Celina Esteves/ Cintia Hachiya/ Veridiana Efeiche/ Bia Andreucci
Planejamento: Ana Cortat / Marcio Beauclair / Mahira Oliveira
Mídia: Luiz Fernando Vieira/ Felipe Santos/ Gian Barbera/ Gabriel Roveri/ Tiago Lima
Produção: PBA Cinema
Direção: Nico Perez Veiga
Produção executiva Brasil: Mayra Gama
Produção executiva Argentina: GabyCarcova
Dir. fotografia: Leandro Filoy
Montagem: Marcela Truglio
Finalização Brasil: Diulle Fonseca e André Baltrusaitis
Finalização Argentina: Sebastian Lopez
Pós produção: Post Reino Buenos Aires
Atendimento Produtora: Fernanda Gomes e LeticiaHernandez
Produtora/som: SuperSonica
Produção e mixagem: Antonio Pinto , Luiz Vanzato
Atendimento: Cris Marquesi
Aprovação/cliente VIVO: Christian Mauad Gebara/Cristina Duclos/ João Bell/ Juliana Covino/ Juliana Bueno/ Juliana Paula
Aprovação/ cliente Samsung: Paula Costa/ Bruna Santalucia/ Fernanda Villa Lobos
Data da primeira inserção: 04/02/2014

carleba_arnaldo_marcelo

Drake e Marcelo Nova, Carleba (baterista d’Os Panteras) e Arnaldo Brandão (baixista de Raul Seixas na década de 1970)

marcelo_nova_arnaldo_brandao

Marcelo Nova fez um show que empolgou todos os convidados.

vivi_seixas

Vivi Seixas animou e empolgou os convidados na festa em homenagem ao seu pai.

vivo

Clique na imagem acima e confira a repercussão da festa e do video que já está com mais de 600 mil visualizações.

sylvio_leo_kika_isa

Ao fundo, Kika Seixas conversando com sua amiga Isa Góes. Em primeiro plano, Sylvio Passos e seu amigo Leonardo Mirio, professor e historiador, que está escrevendo um livro acadêmico sobre Raul Rock Seixas.

1º take de Anarkilopolis 1984
Anarkilópolis [1ª versão de Cowboy Fora Da Lei (P)1984]
Raul Seixas/Sylvio Passos

Eu estava na cidade comprando milho pras galinhas
Quando um garoto chegou correndo para me avisar
Que a diligência do correio tinha deixado uma carta pra mim
Uma carta? De quem seria essa merda? …é, pois é… , mas…
ah…não é que era da prefeitura de Anarkilópolis
Me convidando para uma festa da sua emancipação
Ok boy.

whisky de montão eu vou beber
E fazer tudo que eu quero fazer
Cada um manda no seu nariz
Por isso que o povo lá é feliz
É isso aí!
Meu filho, é isso aí…
Agora

Montei no meu “silver-jegue”
E parti com o firme propósito
de unir o útil ao agradável
Pois Anarkilópolis era também
O berço da minha amada
A bela Josefina Lee
Filha única do meu amigo
Xerife James Adean
Enquanto o jegue seguia rinchando
Eu seguia pela estrada cantando:

Eu não sou besta pra tirar onda de herói
Sou vacinado, eu sou cowboy
Cowboy fora da lei
Durango Kid só existe no gibi
E quem quiser que fique aqui
Entrar pra história é com vocês

Quando eu e meu jegue chegamos em Anarkilópolis
Pensei que tinha me enganado até de cidade
Tinha uns caras mal encarados armados até os dentes
Percebi logo a situação
Os bandidos haviam dominado o lugar
E mantinham todos como reféns
James Adean não era mais o Xerife
E só se via a cara das pessoas com tristeza e medo

Deus me livre, quase que eu dancei
Dedo no gatilho era da lei
Sozinho e desarmado estava ali
Pra o diabo, os que me chamaram aqui
Foi então…

“Tá dominado cowboy!”

Eu não sou besta pra tirar onda de herói
Sou vacinado, eu sou cowboy
Cowboy fora da lei
Durango Kid só existe no gibi
E quem quiser que fique aqui
Entrar pra história é com vocês

Meu filho, é isso aí…